Memorial Petronio Augusto Pinheiro
PRINCIPAL AMAZÔNIA BIOGRAFIA EMPREENDEDOR FAMÍLIA DOCUMENTOS ÁLBUM VÍDEOS AUDIOTECA LIVRO DE VISITAS
A atuação em Entidades de Classe.
-A  A+

Essa capacidade de aglutinar inteligências, ouvir as pessoas e transformar propostas em projetos e empreendimentos foi outra marca de Petronio que dava às amizades oportunidade de materializar intuições. Foi assim desde que entrou, muito jovem, para a Associação Comercial do Amazonas, onde Cosme Ferreira era diretor de uma entidade atuante, considerada pela opinião pública como Ministério do Desenvolvimento do Amazonas. Ao lado de Ribamar Siqueira e Moysés Israel, amigos e contemporâneos salesianos, ele esteve presente nos momentos mais importantes da vida pública e dos negócios do Estado. O empresário Mário Guerreiro sustenta que a assinatura de Petronio, então vice-presidente da Federação das Indústrias, e diretor da Associação Comercial, constava do documento, firmado pelas lideranças regionais, exigindo a instalação do Projeto Zona Franca de Manaus, quando da visita do presidente Humberto de Alencar Castelo Branco à Manaus, em 1966. Apesar das longas jornadas de trabalho e viagens pela Amazônia inteira, Petronio arranjava forças, tempo e dedicação para participar ativamente de Entidades de Classe. Pelo reconhecimento de seus pares, em torno desse dedicação e afinco, Petronio foi escolhido em mais de uma oportunidade, diretor vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas, uma entidade da qual foi fundador e seu primeiro secretário, o cargo executivo de quem responde pelo gerenciamento e funcionamento da entidade. Atuou fortemente no Sindicato de Olarias e de Bebidas, quando foi escolhido pelo governo Henoch Reis para dirigir o Programa Pró-esporte, que ajudou a construir a Vila Olímpica, o estádio Vivaldo Lima e retirou das ruas milhares de adolescentes e jovens.

  Linha do Tempo

   
   
   
   
   
   
   
   
   
    2010

  Links Relacionados

Biografia
A paixão pelo conhecimento
A casa da Joaquim Nabuco, 1414
A casa da Paraíba, 334
Juruá e Madeira, surge a JUMA participações
O AVC e a obstinação pela vida
Do Juruá ao Juruá

  Tags

Categoria Biografia /

  
 
® 2012 - 2018 Memorial Petronio Augusto Pinheiro
  |  DESENVOLVIMENTO